quarta-feira, 28 de abril de 2010

Rubayyat

82.
Delicia-te, ó
meu irmão, com
todos os perfumes, todas
as cores, todas as músicas.

Envolve de carícias
todas as mulheres.

Lembra-te de que a vida
é fugaz e que breve
voltarás ao pó.

.......
89.
Não pedi a vida a ninguém.
Esforço-me por acolher
sem espanto e sem cólera
tudo o que a vida me oferece.

Partirei sem indagar
o motivo da minha misteriosa
estada neste mundo.

......
157.
Toma a resolução de não mais
contemplar o céu.

Cerca-te de belas raparigas
e deixa que elas te acariciem.

Hesitas ainda?
Tens ainda a tentação de
orar a Deus?

Antes de ti, outros homens
fizeram súplicas ardentes.

É certo que eles já partiram
deste mundo, mas tu
ignoras se Deus as escutou.

......
4.
Que a tua sabedoria não seja uma
humilhação para o teu próximo.
Guarda domínio sobre ti mesmo e nunca te abandones à cólera.
Se aspiras à paz definitiva, sorri ao Destino
que te fere; não firas ninguém.

Um comentário:

Anônimo disse...

necessario verificar:)