quinta-feira, 21 de maio de 2009

Vendendo pra cachorro.

A frase acima é comum entre os vendedores que entram na loja. Sempre a mesma piadinha besta.

Porém sábado eu vendi pra cachorro. Vendi dois quilos de ração e alguns ossinhos pra ele morder.

O Sr. José (nome fictício) freguês antigo nosso entrou na loja e perguntou se a gente vendia pro cachorrinho dele. Eu ri e disse que sim. Ele me disse que o cachorro que iria pagar a conta. Pediu e na hora de pagar deu o cartão de crédito do cachorro. Sim, meu caro leitor, o cachorro dele tem cartão de crédito.

Eis o que aconteceu... sabe essas ligações chatas de telemarketing que você recebe? Pois bem, eu também recebo (costumo desligar na cara do coitado que me ligou). Ele também recebe essas ligações e ficou com o saco tão cheio que resolveu aprontar com eles.

- Bom dia Sr José, o senhor tem um cartão adicional pré-aprovado em nossa agência, gostaria de indicar alguém para recebê-lo?

- Sim, quero sim... pode ser meu sobrinho?

- Claro que pode Sr José.

- Mas ele tem problemas, eu posso ser o responsável dele?

- Sim, Sr Jose, pode sim, qual o nome, o RG e o CPF dele?

- (Momento da vingança suprema) O nome dele é Toby e o RG dele é tal...(deu o número do RGA, Registro Geral Animal, da Prefeitura de Sâo Paulo) e o CPF ele não tem, pode pôr o meu mesmo.

- Perfeito Sr José, mas qual o sobrenome do Toby?

- O mesmo que o meu, pode pôr ai...

- Pronto Sr José, será enviado a sua residência o cartão adicional com crédito pré-aprovado do seu sobrinho.

Nisso o cachorro já fez compra no supermercado, no açougue e lá na loja também! É claro que o Sr José é quem paga e não quer dar calote, apenas brincou com a Itaucard e está curtindo muito essa brincadeira.


Um comentário:

yazbek disse...

hehehe
gostei da ideia.

acho que vou pedir um da mesma forma.

Sera que tu aceita cartao de credito do lobo ?

ass. um certo pato.