sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Outras palavras


Ela sentia-se como uma criança, trazendo à lembrança bons momentos que recordava pelas fotos que carregava de sua vida naquela casa de praia onde passara a infância, brincando na areia, sem responsabilidades, curtindo com amigos brincadeiras que estão longe no tempo, parecendo um infinito de distância daquela história até hoje, sentia muita saudades da aurora de sua vida.

Um comentário:

Anahy disse...

Adorei!
Me fez viajar no tempo.