domingo, 6 de janeiro de 2008

Comedores de Painço Verde: Coleirinha


Este pequeno pássaro nativo do Brasil pode ter uma coleira ao redor do pescoço. Ele canta constantemente e é muito fácil de ser encontrado e amansado. Por causa de sua docilidade, este pássaro, muito comum no Brasil, é freqüentemente encontrado em cativeiro. Em um mês, se acostuma à gaiola, não se debate contra as grades, não se machuca. É rara a casa de passarinheiro que não tenha um Coleirinha. Ele é conhecido também pelos nomes de Coleira Virado, Coleiro da Bahia, Coleira Estrela, Papa Capim. Este último nome é devido ao fato de que é muito fácil encontrar um Coleirinha em capinzal, procurando comer o pendão com sementes do capim. Alias, onde há sementes, há sempre um Coleirinha: perto dos arrozais, dos campos arados. Ele vive em campos perto de fazendas e já chegou a viver em cidades, de onde foi expulso pela poluição. Embora seja um dos pássaros mais comuns e conhecidos, ainda restam duvidas quanto à sua classificação científica. A mais aceita é Sporophila c. caerulescens, com partes superiores cinzentas, cabeça e coleira cinza escuro, peito branco; Sporophila c. hellmayr, com peito amarelo em vez de branco, e cinzento esverdeado nas partes superiores. O primeiro vive no Centro e Sul do Brasil e o segundo no Brasil central. Há também os Coleirinhas que não têm a mancha da coleira no pescoço, mas que por suas características foram classificados juntamente com estes: o Sporophila ardesiaca, que tem o peito branco e a cabeça e o pescoço cinzento-escuro, formando uma carapuça, vive em Minas, São Paulo e Espírito Santo, e o Sporophila nigricolis, cinza-esverdeado nas costas e na carapuça e amarelo no peito, que vive no Brasil central, Norte e Nordeste. As fêmeas são muito parecidas, de uma cor inteiramente parda. Quando adultas adquirem uma coleira parda escura, como se fossem machos jovens, o que engana muita gente. Os filhotes com um ano adquirem sua cor definitiva. O Coleirinha é um pássaro dócil, que amansa fácil, é pequeno (12 a 13 cm), graciosos e canta muito. Alguns acham seu canto bastante agradável, outros o consideram insignificante, mas o fato é que o Coleirinha esta quase sempre cantando. Por isso, ele é usado como "chama" com muita freqüência. A "chama" é um passarinho cantador, como o Curió, o Azulão, que serve de isca para o passarinheiro caçar. Na época da criação, na natureza, os pássaros deixam de andar em bando para se estabelecerem em um território próprio, que habitam apenas com a fêmea, não permitindo a intrusão de outro macho. Assim, quando o passarinheiro chega com o Coleirinha, o dono do território ataca-o para expulsa-lo e fica preso em armadilha ou visgo, colocados na gaiola. Por causa deste tipo de caça – alias proibida – tem mais valor o Coleirinha macho que cante bastante e não tenha medo dos outros.

Nenhum comentário: