segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Comedores de Painço Verde - Azulão


O azulão é um pássaro que ocorre em todo o território brasileiro, além de países vizinhos, como Bolívia, Paraguai e Argentina, além do norte da Venezuela e Colômbia. De grande beleza física e com muitos atributos canoros, acabou se tornando um pássaro muito freqüentemente encontrado nos lares pelo Brasil afora. Talvez pela vasta distribuição territorial, o azulão possui também algumas diferenças de uma região para outra, de forma que cada uma dessas variações foi classificada de forma distinta por diferentes autores. Ao contrário do que muita gente pensa, apesar da leve semelhança física com bicudos e curiós, o azulão está classificado na família CARDINALIDAE, juntamente com o trinca-ferro (pixarro), e não na família EMBEREZIDAE, onde estão os curiós e bicudos. Na natureza, a alimentação é muito variada, consomem semente de capim de preferência, ainda verdes; pequenas frutas silvestres e adoram todo tipo de insetos, o bico é forte mas aprecia muito as comidas macias. Seu canto é muito mavioso e pode ser dividido em dois tipos: a) o canto normal – compõe-se de uma frase de cerca de 10 notas repetindo um som tipo “tifliu”- em variados tons, este é o canto usual e corriqueiro; são inúmeros dialetos, cada região tem um, ou mais longo ou mais melodioso que o outro; b) a surdina, mata-virgem ou alvorada que querem dizer a mesma coisa – neste caso ele chega a cantar certa de 2 minutos sem parar repetindo um módulo de mais ou menos 6 notas – ti-é-té-é-tuéé, como exemplo. A surdina é, sem dúvida, um dos sons mais bonitos que se pode ouvir de um pássaro cantando. O AZULÃO, consegue ir alternando o tom e o volume das notas à medida que vai cantando, dando a impressão a quem escuta que está longe e depois mais próximo. Ele não aprende o canto de outro pássaros, pelo contrário, o curió principalmente é que assimila muito bem o seu canto.

Ah, a título de curiosidade: pela cor do uniforme do time do São Caetano eles ganharam o apelido de Azulão e acabaram adotando a ave como mascote.

Ouça uma matéria sobre o azulão que saiu na rádio USP.

Em Real Player.

Em Windows Media Player

Nenhum comentário: